sábado, Julho 21, 2007

FRUTOS VERMELHOS




Frutos vermelhos: os super-alimentos do século XXI

Os frutos vermelhos são alimentos bastante completos e devem fazer parte de uma dieta equilibrada.

Para além dos antioxidantes, os morangos, as framboesas ou mesmo as amoras são essenciais para manter a linha, a juventude e fazem maravilhas com a sua pele!

Sem dúvida que os olhos também comem. E no que se trata de frutos vermelhos é realmente difícil desviar o olhar de um copo de sumo fresco ou de uma salada de fruta tingida de preto e vermelho.

Longe de serem frutos do pecado, os frutos vermelhos trazem inúmeros benefícios para a sua saúde.

A tonalidade roxa vem da antocianina, pigmento associado à vitamina B1, responsável pela transformação dos nutrientes em energia. Naturalmente os frutos vermelhos, em especial o mirtilo, a groselha e a acerola, são a melhor fonte de antioxidantes, isto mesmo quando os comparamos com outras frutas e vegetais.

Com o coração mais protegido, as vitaminas do complexo B (niacina), os minerais, o potássio e a vitamina C, reforçam a protecção da saúde da pele, nervos, rins e aparelho digestivo.

A cor vermelha dos morangos ou das groselhas vem do licopeno, um carotenóide (fitoquímico) geralmente associados à vitamina C que ajuda na prevenção do cancro da próstata.

Estes frutos são ainda fonte de outros carotenóides, como o betacaroteno, percursor da vitamina A que fortalece os olhos e a pele.

Um outro herói dos frutos vermelhos é o cianidino, que se encontra na pele da fruta.



Frutos vermelhos: frutos, legumes e a OMS

A única forma de proteger o organismo dos efeitos da vida acelerada e do desgaste físico visível e constante, passa por apostar em alimentos ricos em antioxidantes.

O baixo consumo de frutas e vegetais está entre os dez principais factores de risco associados à ocorrência de doenças crónicas não transmissíveis.

Por esse motivo, a Organização Mundial de Saúde (OMS) incentiva o aumento do consumo de frutas e vegetais, frescos ou em sumo, dadas as suas propriedades benéficas para a saúde.

As razões já são conhecidas, já que contribuem para a diminuição do consumo de alimentos ricos em gorduras e açúcares e fornecem vitaminas, minerais e fibras necessárias ao pleno funcionamento do organismo.

Num estudo recente da Human Nutrition Research Center on Aging (Centro de Investigação do Impacto dos Alimentos sobre o Envelhecimento), em Boston, a equipa coordenada pelo investigador James Joseph, conclui que “os mirtilos estão a transformar-se num alimento essencial na batalha contra o envelhecimento”.

Em causa o facto de este fruto ser rico em nutrientes que impedem a perda de memória, ajudam a combater a depressão e retardam os efeitos da idade.

No caso dos morangos, as conclusões assemelham-se: uma mão cheia deste fruto promove a saúde do sistema digestivo e ajuda a diminuir os níveis do colesterol.

Num estudo publicado no Scientific Overview for Health Professionals, que suporta a mensagem do projecto americano “5 a day” - programa de incentivo ao consumo de fruta e legumes -, reforça-se a mensagem de que o risco de desenvolver doenças crónicas diminui com o consumo de 5 a 10 peças de fruta e vegetais todos os dias.

A nova Roda dos Alimentos aconselha o consumo diário de 3 a 5 porções de fruta, o que equivale a 480 a 800 gramas diárias, dependendo das necessidades individuais.

O consumo diário de fruta é vital para garantir a saúde do seu organismo e para ter uma vida activa e saudável.


Frutos vermelhos: 4 razões para Ela os consumir


Melhor que o botox: Os seus nutrientes ricos em antioxidantes anti-envelhecimento neutralizam a acção dos radicais livres e melhoram a circulação sanguínea e o transporte de nutrientes pelo corpo, o que contribui para ter um rosto rejuvenescido.

Por outro lado, protegem contra os efeitos nocivos do sol, um dos responsáveis pelo envelhecimento prematuro da pele.


Evitam os desejos de doces: O açúcar natural dos frutos, a frutose, tem um baixo índice glicémico, o que prolonga a sensação de saciedade, evitando que sinta vontade de estar sempre a petiscar.

Assim, a energia consumida é bem assimilada pelas funções vitais do organismo.

Uma dieta com baixo índice glicémico ajuda a controlar o colesterol e a pressão sanguínea.


Queimam gordura e mantêm o peso: Se pensa em perder peso, então garanta que os frutos vermelhos fazem parte da sua dieta.

300 gramas de frutos silvestres têm o mesmo valor calórico que um terço de uma banana.


Diminuem o risco de cancro e aliviam os sintomas das alergias: Estes alimentos contêm nutrientes anticancerigenos que protegem o organismo.

Vários estudos comprovam a eficácia dos frutos vermelhos, como os morangos e as framboesas, na prevenção do desenvolvimento de inúmeros tipos de cancro.

Por outro lado, algumas substâncias presentes nos frutos vermelhos, nomeadamente a quercitina, um fitonutriente da familia dos flavonóides, aliviam os sintomas das alergias.



Frutos vermelhos: 4 razões para Ele os consumir


Adeus stresse e ansiedade: A vitamina C ajuda a restabelecer as reservas de adrenalina nas glândulas supra-renais, o que minimiza os efeitos da ansiedade.

O stresse crónico também aumenta a produção de hormonas que desequilibram os níveis de glicose no sangue, criando a sensação de fome permanente.

Cinco morangos têm a mesma quantidade de vitamina C que uma laranja.


Mantêm as gripes longe: Ricos em ácido fólico e vitamina C, os frutos vermelhos têm ainda propriedades antioxidantes e aumentam a protecção imunitária contra as infecções.

Cinco morangos contêm mais antioxidantes do que três maçãs ou quatro bananas.


Protegem o coração: O ácido fólico e os antioxidantes protegem as artérias do mau colesterol.

Por outro lado, a vitamina C e as antocianidinas evitam a formação do mau colesterol, mantendo os níveis seguros, o que reduz o risco de enfarte ou de AVC.


Melhores do que Viagra: Os frutos vermelhos são ricos em zinco, um mineral vital que ajuda o homem a prolongar a erecção. É também essencial para evitar a impotência masculina.

Estes frutos contêm ainda antocianina, um antioxidante que garante a circulação dos nutrientes e o bom funcionamento do fluxo sanguíneo.



Frutos vermelhos: benefícios

Para além de saborosos e refrescantes, os frutos vermelhos são fortificantes naturais.

As groselhas ajudam a reforçar as defesas do organismo e os morangos eliminam o ácido úrico e ajudam a prevenir a fixação das pedras nos rins. Por seu lado, os mirtilos combatem a depressão.

Conheça os benefícios nutricionais dos frutos vermelhos.

Morango

Rico em água, apresenta baixos níveis de hidratos de carbono (açúcar): mesmo os morangos mais doces têm pouco mais que cinco por cento de hidratos de carbono, que surgem sobre a forma de frutose, glicose ou sacarose.

Este fruto é rico em minerais como o potássio, responsável pela transmissão de impulsos nervosos e pelo bom funcionamento dos músculos.

Por outro lado, o ácido fólico, que intervém na produção de glóbulos vermelhos e brancos e na síntese de anticorpos, ajuda a reforçar as defesas naturais. É altamente recomendado às mulheres grávidas na prevenção da espinha bífida e de anemias.

Os morangos têm ainda um efeito diurético, que favorece a eliminação do ácido úrico e sais.

Romã

É rica em ácidos fenólicos e também em flavonóides, compostos antioxidantes que lhe dão a cor avermelhada. As suas propriedades antioxidantes fazem deste fruto um poderoso protector contra o cancro e outras doenças.

Rica em água, a romã é muito pobre em proteínas e gorduras. Contém ainda fibras alimentares, vitaminas C e alguns minerais como o ferro, importante no transporte do oxigénio para as células e na defesa do sistema imunitário.

Framboesa

Contém grande quantidade de vitamina C e quantidades apreciáveis de vitaminas do complexo B e ácido fólico.

Rica em fibras, a framboesa tem ainda propriedades antioxidantes que protegem o organismo da acção dos radicais livres. As fibras solúveis (pectina) ajudam a regular o trânsito intestinal e a manter o colesterol baixo.

As framboesas possuem ainda propriedades antivirais, anticancerígenas e um alto teor de aspirina natural.

Mirtilo

As suas propriedades antioxidantes vêm do pigmento antocianina, responsável pela sua cor característica.

A pele do mirtilo é rica num outro agente antioxidante, o pigmento cianidina, que neutraliza os radicais livres e protege o organismo contra o aparecimento do cancro e de outras doenças associadas à idade.

As suas propriedades actuam ainda na prevenção das infecções do aparelho urinário, evitando a concentração dos cristais nos rins. As fibras solúveis ajudam a regular o funcionamento do trânsito intestinal.

Arrando

Ricos em fitoquímicos, em especial os taninos, estes frutos são um poderoso antioxidante, com propriedades anti-inflamatórias.

Para além de impedirem as infecções urinárias, estudos recentes sugerem que os arrandos evitam o aparecimento de úlceras e da gota.

Os taninos inibem a formação do mau colesterol (LDL) e protegem o organismo da aterosclerose. São também fonte de vitamina C e D e contêm potássio e ferro.

Amora

Inúmeros estudos mostram que as amoras pretas podem reduzir o risco das doenças do coração e inibem o cancro.

Este fruto contém pectina em abundância, uma fibra solúvel que ajuda a reduzir os níveis do mau colesterol no sangue.

Um outro estudo, publicado pela revista Jornal of Neuroscience, realça as propriedades nutritivas das amoras pretas na conservação do equilíbrio, da memória e da coordenação motora das pessoas de idade avançada.

Texto de Dra. Alexandra Bento, nutricionista

4 comentários:

Anónimo disse...

cool i hate fruit ! do a work about fast food its good and you stay fat and hot

aalmeida71 disse...

Este artigo e muito interessante, para saber mais sobre os beneficios das frutas visite: http://www.estanciaadalia.com/frutas.php

Fernanda Sampaio disse...

olá! gostaria de pedir sua autorização para eu poder colocar este texto no meu blog também. Tenho um blog sobre saúde e como se manter saudável, pois acho importante a divulgação em massa de todo assunto que possa levar outras pessoas a terem, também, uma vida mais saudável. Para adiantar, já publiquei o texto. Mas aguardo tua resposta, pois se for negativa, eu excluirei o texto sem problemas.

Obrigada pela atenção.

Fernanda
aloeconect.blogspot.com

soares disse...

obrigado por este exelente blo
sou chefe de cozinha e como tal este ajudou-me imenso.